A face do ódio de Silas Malafaia

Silas Malafeia

Tenho medo quando a religião com um cara deste como líder começa a se misturar com a política. CUIDADO! Se isso acontecer poderemos ter outro “Estado Islâmico”, porém, aqui no Brasil.

Nas eleições presidências de 2014, teve um personagem que me surpreendeu bastante em suas manifestações. O pastor Silas Malafaia deu uma grande aula de como manifestar o ódio em uma rede social, naquele período houve mais twittes agressivos e de cunho preconceituoso do que mensagens de amor cristão.

É uma pena ver que um homem que se diz seguidor de Cristo, fazer exatamente o contrário do que Jesus ensinou. Um “líder” espiritual e de uma grande igreja como esse senhor é, deveria ser exemplo para os seus seguidores, mas até xingamentos esse homem postou.

Tais atitudes é uma ofensa a quem é evangélico de verdade. Tais atitudes provam que ele mesmo não crê no poder do “deus” que serve. A dúvida que ficou é porque ao invés de usar redes sociais para disseminar ódio e ofensas ele não orou pedindo a Deus que intervisse em uma situação que ao próprio ver estava errada?

A hashtag #menosodiomalafaia foi uma das mais comentadas, mesmo o Malafaia convocando os seus seguidores para rebater não foi suficiente.

É triste saber que este homem é o herói de muitos brasileiros que se influenciam fácil.

No final ele teve que engolir a vontade do povo.

Tenho medo quando a religião com um cara deste como líder começa a se misturar com a política. CUIDADO! Se isso acontecer poderemos ter outro “Estado Islâmico”, porém, aqui no Brasil.

Fiz um print de 30 twittes dele no período eleitoral. Tem coisas que não podemos perder…

De brinde, vai um vídeo muito instrutivo de amor…

Tenho o péssimo hábito de postar sem reler o texto. Assim, pode ocorrer alguns erros de digitação. Peço que se você encontrar algum pressione Shift + Enter ou click aqui para me informar do mesmo!

Um comentário sobre “A face do ódio de Silas Malafaia

  1. LUCIANO disse:

    As vezes é assim mesmo… de tempos em tempos o folclore precisa de ser renovado com a identificação daqueles que aparecem… ta ai um belo exemplo com malafaia.

Deixe uma resposta