19ª Romaria das águas e da terra de Minas Gerais, em Ladainha/MG

Romeiro

Em um momento politicamente delicado que vivemos, com a constante perda dos direitos adquiridos a custo de muita luta e resistência dos movimentos sociais, a 19ª Romaria das águas e da terra de Minas Gerais, realizada na cidade de Ladainha/MG, mostra a capacidade de mobilização que esses movimentos ainda possuem.

Ao final do evento, foi apresentada a carta da romaria, desta carta destaco o seguinte trecho:

Repudiamos o golpe parlamentar, da mídia e do judiciário que, sem crime de responsabilidade, arrancou a presidenta Dilma do exercício do seu mandato legitimamente eleita por 54 milhões de eleitores, maioria. Seguiremos na luta contra os golpes que estão sendo dados no povo brasileiro, cientes de que os golpistas parecem gigantes, mas têm pés de barro.

O que me deixa satisfeito é saber que o termo golpe, tão encoberto pela grande mídia manipuladora está sendo difundido pelos movimentos, o que trás o grande efeito colateral deste golpe (colateral aos golpistas) que é a união dos movimentos sociais de esquerda.

Que essa união dos movimentos sociais seja um exemplo para os partidos políticos ditos de esquerda, que em um momento de união preferem se sucumbir a luta pelo poder pelo próprio poder. Repetem o erro grotesco do PT que nos últimos anos deixou a desejar com os movimentos sociais, principalmente na questão da reforma agrária e demarcação terras indígenas.

As poucas conquistas que os movimentos sociais dos últimos anos estão em grave ameaça pelo (des)governo golpista do Temer, que está a serviço da elite e do grande capital. Caminha para se tornar uma máquina para destroçar com os direitos dos trabalhadores em benefício dos patrões com a desculpa de um “crescimento econômico” ou do “enriquecimento da nação” o que na prática cruel nada mais é do que do que o aumento da centralização da renda à custa da exploração do trabalhador.

Que a união dos movimentos social de esquerda seja sempre crescente, que a luta seja firme a indissolúvel, que os nossos direitos conquistados sejam mantidos, que os golpistas caiam pois resistir é preciso.

Carta da 19ª Romaria das águas e da terra de Minas Gerais

Tenho o péssimo hábito de postar sem reler o texto. Assim, pode ocorrer alguns erros de digitação. Peço que se você encontrar algum pressione Shift + Enter ou click aqui para me informar do mesmo!

Deixe uma resposta